Cuidados com pacientes restritos ao leito

pacientes restritos ao leito

Pacientes restritos ao leito requerem alguns cuidados especiais. Na maioria dos casos, apresentam um quadro de saúde mais frágil, necessitando de atenção e suporte. Entre os principais cuidados com pacientes acamados, podemos destacar a troca de decúbito e higiene para evitar complicações.

Quando o assunto é home care, logo associa-se ao atendimento de pacientes acamados. Segundo Mayra Mendes, coordenadora de Enfermagem da At Home Niterói, não é errado fazer essa associação. De acordo com a especialista, no momento, 75% dos pacientes da empresa são restritos ao leito ou possuem restrição de movimentos.

Mayra destaca que o atendimento domiciliar, nesses casos, beneficia o tratamento proporcionando a reabilitação ou manutenção do quadro clínico. “O serviço de home care que oferecemos reduz, por exemplo, o desgaste por parte da família e do paciente na dificuldade de deslocamento aos centros de tratamento. Por isso, contamos com uma equipe de profissionais, devidamente instruídos por um plano de cuidados traçados para cada paciente, mediante seu grau de dependência”, comenta.

Para maior conforto dos pacientes, a especialista frisa que a mobilização através da mudança de decúbito, assim como o uso de colchão piramidal ou pneumático e a realização de sessões de fisioterapia ajudam a reduzir os efeitos deletérios da restrição de mobilidade.

Confira os principais cuidados com pacientes restritos ao leito:

  • Manter os lençóis sempre limpos e esticados,
  • Realizar higiene corporal e íntima,
  • Trocar fraldas regularmente,
  • Mudar decúbito para evitar o surgimento de úlceras por pressão,
  • Limpar constantemente a traqueostomia, em geral, a limpeza é feita por profissionais da área da saúde,
  • Trocar a sonda para alimentação e para urina,
  • Realizar a manutenção da bolsa de colostomia,
  • Cuidar da pele,
  • Dar atenção para o horário dos remédios,
  • Contar com especialistas para ajudar a família.

O papel da família

Para os pacientes acamados, o apoio da família é tão importante quanto os cuidados médicos. A participação da família nas demandas e atividades trazem muitos benefícios na qualidade do bem-estar do paciente.  “Neste momento, a importância do apoio familiar está na compreensão e, na aceitação do quadro e das limitações do paciente”, conclui a coordenadora de Enfermagem da At Home Niterói.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *