Dia Nacional da Doação de Órgãos

Dia Nacional da Doação de Órgãos

O dia 27 de setembro foi escolhido pela ABTO – Associação Brasileira de Transplante de Órgãos, para comemorar o Dia Nacional de Doação de Órgãos em homenagem a São Cosme e São Damião. A associação se ampara na história de que os irmãos foram médicos e realizaram o primeiro transplante de que se tem notícia na história.

No Brasil, o número de doadores está crescendo, segundo a ABTO, no primeiro semestre de 2017, o índice passou de mais de 14 doadores para cada 1 milhão de pessoas para mais de 16 por milhão.

Como ser doador ?

Amparado pela Lei Segundo a lei nº 10.211, o ideal é manifestar a vontade de doar e informá-la à família. Não adianta deixar o desejo expresso por escrito nem um registro — mesmo gravado em vídeo ou declarado em uma rede social, por exemplo. A decisão final é do familiar: são eles que definirão se e quais órgãos e tecidos serão doados. 

 

Quando a doação é possível ?

Não é qualquer tipo de morte que viabiliza a doação. Para que os órgãos possam ser transplantados, é preciso que sejam retirados enquanto o coração ainda bate artificialmente — o que só é possível em casos de morte encefálica, quando todas as funções do cérebro param de maneira completa e irreversível. Essa é a definição legal de morte. Quando cessam todas as funções neurológicas, o organismo é mantido “funcionando” com a ajuda de aparelhos.

A At home apoia esta campanha e a discussão sobre o assunto, visando conscientizar nossos colaboradores e parceiros, sobre a importância de ser um doador!

 

Maiores informações podem ser acessadas através da página da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos:

http://www.abto.org.br/abtov03/default.aspx?mn=487&c=0&s=156

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *